A Mão e a Letra: Estou

Estou catando ventos,
Entubando ventos,
Engarrafando ventos
Para libertar tempestades pontuais.

Estou me vocabularizando,
Me lexicando
Me fleumatizando
Para desenvolver impropérios marginais.

Estou fechando os olhos,
Evitando olhares,
Para não desguarnecer os perdões
Que ELA (sempre ELA) sequestra de mim

Paulo Pazz

Paulo Pazz, Poeta / Escritor / ator / comediante