Animais que apresentam comportamentos homossexuais

O comportamento homossexual entre os animais existe há milhares de anos, mas pouco ainda se sabe sobre isso – principalmente por repressões sociais dos homens, que não consideram a prática como sendo natural. Para você ter uma ideia, um rico estudo de 1911 mostrou como os pinguins-de-adélia mantêm relações homoafetivas, mas foi proibido de ser publicado por ser considerado muito chocante para a época.

Recentemente, esse tipo de interação animal está sendo cada vez mais estudada. Alguns cientistas chegam a dizer que o comportamento homossexual existe em todas as espécies, independente do tamanho – menos naquelas em que o sexo é inexistente como um todo. E engana-se quem pensa que a homoafetividade animal é um caráter apenas evolutivo: algumas espécies praticam a homossexualidade por lazer! Por isso, confira 20 animais que apresentam características gays:

1. Girafa

Nove em cada dez casais de girafas é de indivíduos machos. Eles ficam roçando os pescoços até o momento em que um deles monta no outro e termina o ato sexual.

2. Galo-da-serra-do-pará

Esse pássaro é encontrado na região Norte do Brasil, principalmente nos estados do Amazonas, Roraima e Pará. Cerca de 40% dos machos se envolve em atividades homossexuais ao ponto de sequer se interessar pelas fêmeas.

3. Leão

Estima-se que 8% dos machos dos leões apresentam comportamentos homossexuais. Algumas leoas também já desenvolveram esse comportamento em cativeiro, mas são principalmente os machos que o apresentam.

4. Besouro-da-farinha

O besouro-da-farinha é mais resistente que as baratas quando o assunto é radiação. Ele costuma ser encontrado em trigos e outros grãos e tem uma prática curiosa: os machos mantêm relações entre si para eliminar o sêmen envelhecido e guardar apenas os melhores genes para as fêmeas.

5. Pinguim

O comportamento homossexual dos pinguins é um dos mais bem estudados da natureza, tendo sido iniciado há mais de 1 século. Mesmo em cativeiro, os pinguins gays são bastante notados – tanto que, em 2004, dois machos chocaram um ovo e adotaram o filhote no Zoológico do Central Park, em Nova York.

6. Baleia-cinzenta

Machos de baleia-cinzenta, que chegam a medir 15 metros e pesar 36 toneladas, organizam verdadeiras orgias no fundo no mar: vários espécimes ficam nadando de barrigas coladas enquanto roçam os pênis.

7. Chimpanzé-pigmeu

Os chimpanzés-pigmeus, também chamado de bonobos, compartilham 98% do DNA humano – um dos parentes genéticos mais próximos que nós possuímos. Eles são conhecidos por serem animais extremamente sexuais, com quase todos eles sendo bissexuais. Além disso, eles usam o sexo para evitar conflitos e para criar laços afetivos.

8. Pato-real

Estima-se que 19% dos machos de patos-reais apresentam comportamento sexual – um dos maiores índices entre as aves. Bem na verdade, os machos dessa espécie só ficam com as fêmeas até a hora de elas porem seus ovos.

9. Bisão-americano

O comportamento homossexual do bisão-americano, que habita as planícies da América do Norte, é superior ao comportamento heterossexual da espécie. Nas épocas de acasalamento, os machos costumam cópular várias vezes ao dia com outros machos.

10. Golfinhos tursiops

O tursiops é um gênero de golfinhos que inclui as espécies golfinho-nariz-de-garrafa-indopacífico, golfinho-burrunan e golfinho-nariz-de-garrafa. Esses animais apresentam um grande comportamento homossexual, tanto que as fêmeas costumam colocar o seu bico nos órgãos genitais de outras fêmeas simulando uma penetração. Já os machos esfregam os pênis uns nos outros e, ocasionalmente, até praticam sexo anal.

11. Aranha

Agora uma história engraçadinha do mundo animal: cerca de 110 espécies de insetos e aracnídeos apresentam comportamento homossexual, mas, em muitos casos, é por acidente! As aranhas machos, principalmente, estão ali no rala e rola com outros machos até perceberem o erro e saírem de fininho em busca de uma fêmea.

12. Lagartos cnemidophorus

O gênero cnemidophorus de lagartos possui quase exclusivamente espécimes femininos; isso porque sua reprodução é assexuada, não necessitando de machos para a fertilização. Mesmo assim, as fêmeas simulam entre si os rituais de um ato de acasalamento tradicional, que provavelmente dever servir para aumentar os hormônios da ovulação.

13. Abutre-fouveiro

Em 1998, dois abutres-fouveiros machos do Zoológico Bíblico de Jerusalém começaram a se envolver sexualmente. Eles chegaram a construir um ninho e chocar um ovo artificial. Seus tratadores resolveram dar um filhotinho para eles cuidarem, o que foi feito com muito afeto. Porém, um deles acabou virando “ex-gay” e se interessando por uma fêmea, deixando o antigo amor em depressão!

14. Boto-cor-de-rosa

Um dos animais mais safadinhos da natureza, o boto-cor-de-rosa costuma se reunir em grupos de 5 amiguinhos para praticar uma orgia daquelas! Isso normalmente é organizado por jovens machos, mas fêmeas às vezes participam – mas só uma por grupo. Entre os fetiches, está a inclusão do bico no buraco de respiração do animal, no único exemplo conhecido de sexo nasal na natureza.

15. Ovelha

Cerca de 8% dos machos de ovelha são exclusivamente homossexuais – porcentagem bem parecida com a do ser humano. Além disso, estima-se que entre 18% e 22% desses animais apresentam comportamento bissexual. E, é claro, não são nada monogâmicos.

16. Macaco-japonês

As fêmeas dessa espécie costumam apresentar comportamentos sexuais entre si, criando ligações que duram semanas! Já os machos são menos afetuosos, se envolvendo com outros machos apenas pelo prazer sexual.

17. Hiena

A vagina das hienas muitas vezes se parece com um pênis, sendo derivada de um alto nível de testosterona durante a gestação. Isso gera fêmeas mais agressivas, que acabam se envolvendo com outras fêmeas tal como os machos da espécie.

18. Cisne-negro

Cerca de 25% dos casais de cisnes-negros são formados por machos. Às vezes eles roubam ninhos de casais heterossexuais, mas também é comum eles formarem trios com uma fêmea à espera de ela botar um ovo e depois a expulsam da relação.

19. Morsa

Os machos mais velhos normalmente são bissexuais, acasalando com as fêmeas apenas durante os períodos de reprodução e ficando com outros machos no resto do ano. Eles até dormem abraçados e juntinhos na água!

20. Elefante

Tanto o elefante-africano quanto o elefante-asiático apresentam comportamentos homossexuais: eles se beijam, trançam as trombas e montam uns nos outros. Além disso, as relações gays dos elefantes costuma ser mais duradouras que as relações heterossexuais.