Coberto por bandeira da Estácio, corpo de Luiz Melodia é sepultado no Rio

Em um caixão coberto com uma bandeira da escola de samba Estácio de Sá, o corpo de Luiz Melodia chegou ao Cemitério do Catumbi, no Rio de Janeiro, neste sábado, 5, às 10h. O cantor e compositor morreu na sexta-feira, 4, aos 66 anos, devido a complicações de um câncer que atacou sua medula óssea.

Desde julho do ano passado, o artista tratava de uma doença autoimune e chegou a passar por um transplante de medula óssea. O músico carioca estava internado no hospital Quinta d’Or. O corpo foi velado na quadra da escola de samba Estácio de Sá, na Cidade Nova, próximo ao morro onde ele nasceu, na área central do Rio.

Familiares, amigos famosos e anônimos compareceram ao velório. Além de uma obra grandiosa, Luiz Melodia deixa a esposa, a também cantora e compositora Jane Reis, e dois filhos, Mahal e Hiran.