Curiosidade do dia: Descubra para onde vai as “sujeiras” dos banheiros dos aviões

 

Se você for pensar, embora sejam mais arrumadinhos e cheirosos, os banheiros dos aviões funcionam de forma bem parecida com os banheiros químicos, sabe? E o mais engraçado de tudo é que eles não têm qualquer ligação com água, mesmo quando você tem a impressão que dá descarga (no caso dos aviões).

Claro que esse assunto todo não é bem nojentinho, mas se você pesquisou por isso ou abriu a matéria é porque queria saber, não é verdade? Agora aguente!

1. Descarga a vácuo

4

Assim que as pessoas terminam suas missões nos banheiros dos aviões, a descarga ativa uma espécie de aspirador a vácuo, que suga tudo da privada. Nas aeronaves mais modernas, não há um só pingo de água nesse processo e somente alguns milímetros de desinfetante garantem que o vaso vai ficar higienizado e o ambiente cheiroso.

2. Do vaso ao reservatório

1

Sabe por onde passa o cocô dos coleguinhas nos banheiros do avião? Bem debaixo dos seus pesinhos, abaixo do piso, levado por canos que encaminham tudo a um reservatório, nos fundos das aeronaves. Mas, como esses reservatórios são pressurizados e ficam bem longe da ala dos passageiros, ninguém tem o desprazer de sentir o odor.

3. Caminhãozinho do cocô

5

Quando o avião pousa, um caminhãozinho faz o serviço “sujo” de esvaziar os reservatórios das aeronaves. Tudo é feito com uma mangueira, acionada por uma bomba, que suga toda a sujeira e a armazena em uma espécie de caixa.

Em seguida, o veículo segue para a área coletora do aeroporto. É aí, nessa área reservada, que todo as porcarias que as pessoas liberam nos banheiros dos aviões são liberadas, em um buraco interligado com a rede de esgoto.

Banheiros dos aviões x quantidades

3

Quer saber uma curiosidade interessante sobre os banheiros dos aviões? É precisa que cada aeronave tenha um banheiro para cada 50 passageiros. Assim, em um Boing (416) que transporta 416 passageiros, deve haver entre 8 ou 9 banheiros.

Para chegar a esse número ideal de banheiros, foi levado em consideração que cada pessoa pode ser capaz de liberar 1,4 litro de cocô e xixi, durante um período de 24 horas. Assim, em uma viagem longa, intercontinental, por exemplo; todos os passageiros do voo podem encher um reservatório inteiro de 250 litros e 20% do outro (sim, os aviões costumam ter dois reservatórios).

Nojento, mas instrutivo, né?

Fonte: Mundo Estranho