Mulher é presa em flagrante por empurrar a própria mãe de escada

Uma mulher foi presa em flagrante por homicídio qualificado após empurrar a própria mãe de uma escada de cerca de 5 metros, no Morro do Vidigal, Zona Sul do Rio de Janeiro. Leidiane Ribeiro de Oliveira, 27 anos, estava brigando com a filha de 6 anos quando a mãe interveio e deu um tapa no rosto da jovem. Leidiane, então, a empurrou escada abaixo. Quando a vítima foi levada ao Hospital Municipal Miguel Couto, já estava morta.

Nesta segunda-feira (7/8), o juiz Marcelo Pereira da Silva, da Central de Custódia, converteu em preventiva a prisão em flagrante da acusada. A acusada, segundo o magistrado, não teve reação e, “segundo as testemunhas, foi (sua conduta) de total indiferença em relação ao resultado por ela produzido”.

A nota registrada pelo magistrado, e publicada pelo jornal Extra, revela que a vítima nada mais queria a não ser repreender a filha por seus atos indiscriminados contra o neto. “Note-se que a vítima (Josefa) atuou em defesa de sua neta, uma criança de 6 anos, que estava sendo violentamente agredida por sua mãe, a ora custodiada, que encontrava-se embriagada após participar de um churrasco na comunidade, portanto, agindo em legítima defesa de terceiro que não tinha condições de defender-se de pessoa adulta e mais forte que, repito, utilizava-se de força desproporcional em eventual correção da criança”. O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios da capital.

 

Fonte: Metrópoles