Terremoto de 6,5 graus de magnitude deixa ao menos 5 mortos na China

terremoto de 6,5 graus de magnitude registrado em uma remota região da província central chinesa de Sichuan nesta terça-feira (8/8) deixou pelo menos 100 mortos e milhares de feridos, informou a Comissão Nacional para a Redução de Desastres da China.

Mais de 130 mil casas podem ter sido danificadas, segundo um comunicado divulgado no site institucional, com base em uma análise preliminar do sismo.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) informou que o epicentro do terremoto foi localizado a quase 300 km ao norte da capital provincial e a uma profundidade de 10 km. A zona é cenário frequente de terremotos. Segundo o USGS, o tremor de terra foi registrado às 21h20 (horário local).

O local fica no norte da província de Sichuan e é lar de muitos tibetanos e de outras minorias étnicas na China. Terremotos são comuns na parte ocidental do gigante asiático, embora a baixa densidade populacional na região frequentemente minimize as perdas humanas.

O sismo mais mortal na China no século 21 ocorreu em maio de 2008 e teve magnitude 7.9, matando cerca de 90 mil pessoas na província de Sichuan.